Jornal Vascular Brasileiro
https://www.jvascbras.org/article/5e1f50960e8825a60fd8495b
Jornal Vascular Brasileiro
Original Article

Relação morfológica entre o diâmetro, o colo proximal e distal dos aneurismas da aorta abdominal

Erasmo Simão da Silva, Mauro H. Hanaoka, Pedro Puech-Leão, Erasmo Magalhães Castro de Tolosa

Downloads: 0
Views: 322

Resumo

Objetivo: Analisar relevantes aspectos anatômico-morfológicos dos aneurismas da aorta abdominal encontrados em necropsia.  Método: Foram estudados 43 espécimes compreendendo a aorta abdominal aneurismática. Para restabelecer o diâmetro arterial e a morfologia do aneurisma, um dispositivo que permite a distensão da parede arterial com pressão controlada foi introduzido na luz arterial. As medidas feitas nos espécimes consistiram de diâmetro transverso (látero-lateral e ântero-posterior), comprimento do aneurisma, diâmetro transverso e comprimento do colo proximal e distal. Resultados: A média do valor do diâmetro transverso na amostra foi de 6,86 cm e a média da extensão longitudinal, 10,03 cm. Trinta e nove aneurismas apresentavam colo proximal com diâmetro médio de 2,33 cm (1,9 a 2,8 cm) e comprimento variando de 0,4 a 6,8 cm (média de 2,41 cm). Em 12 espécimes, encontrou-se colo distal (média do diâmetro de 2,44 cm, média do comprimento de 1,58 cm). Os aneurismas com colo distal têm o diâmetro transverso e o comprimento significativamente menores que aqueles que não apresentam colo distal (P < 0,01). Apesar dos aneurismas com menor diâmetro apresentarem colos proximais de maior comprimento, essa correlação não foi significativa (P > 0,05). A correlação entre o diâmetro transverso do aneurisma e o seu comprimento foi positiva e significativa (P < 0,01), assim como a correlação entre o comprimento do aneurisma e o comprimento do colo proximal foi significativa e inversa (P < 0,01). Conclusão: Nesta amostra, os aneurismas com maior diâmetro e comprimento tendem a apresentar menor comprimento do colo proximal e distal. Esse fato demonstra que à medida que o aneurisma cresce, ele perde os colos anatômicos e avança em direção às artérias ilíacas e renais. A progressão é mais acentuada em sentido distal, pois a minoria dos espécimes tem colo anatômico antes da bifurcação da aorta.

5e1f50960e8825a60fd8495b jvb Articles
Links & Downloads

J Vasc Bras

Share this page
Page Sections