Jornal Vascular Brasileiro
https://www.jvascbras.org/article/5e1f61120e8825fe45d8495b
Jornal Vascular Brasileiro
Case Report

Síndrome compartimental crônica de membros inferiores

Winston Bonetti Yoshida, Gustavo Muçaçah Sampaio Brandão, Sidnei Lastória, Hamilton Almeida Rollo, Marcelo José de Almeida, Francisco Humberto de Abreu Maffei

Downloads: 0
Views: 371

Resumo

A síndrome compartimental crônica é uma afecção pouco comum e pouco diagnosticada, caracterizada por distúrbios dolorosos dos membros inferiores, causados por aumento da pressão intracompartimental após exercícios físicos. Fatores anatômicos, tais como tamanho restrito do compartimento, aumento do volume intracompartimental, fascia constritiva, perda da elasticidade do compartimento, alteração do retorno venoso ou aumento da massa muscular, podem contribuir para seu aparecimento. O diagnóstico deve ser suspeitado nos casos de dor localizada nas lojas anteriores ou posteriores das pernas após exercícios físicos e deve ser confirmado por registro de aumento da pressão intracompartimental em repouso e após exercícios. O diagnóstico diferencial deve ser feito com claudicação intermitente, aprisionamento da artéria poplítea, miosites, tendinites, periostites, fraturas, neuropatias, insuficiência cardíaca congestiva [confirmar com autores]. O tratamento inicial consiste na modificação das atividades físicas e, diante de sintomas refratários ou necessidade de manutenção das atividades, o tratamento definitivo é a fasciectomia. Neste artigo, é apresentado um caso típico de síndrome compartimental crônica tratado cirurgicamente com sucesso, sendo discutida a fisiopatologia, o diagnóstico e as indicações de cirurgia.

Palavras-chave

síndrome do compartimento anterior, doença crônica, claudicação intermitente, membros inferiores
5e1f61120e8825fe45d8495b jvb Articles
Links & Downloads

J Vasc Bras

Share this page
Page Sections