Jornal Vascular Brasileiro
https://www.jvascbras.org/article/5e2759bf0e8825445326b9f9
Jornal Vascular Brasileiro
Innovation

Tratamento cirúrgico da doença oclusiva aorto-ilíaca sem arteriografia pré-operatória

Ricardo C. Rocha Moreira

Downloads: 0
Views: 266

Resumo

A doença oclusiva aorto-ilíaca (DOAI) é um dos mais freqüente problemas clínicos enfrentados pelo cirurgião vascular no que diz respeito à avaliação e ao tratamento. Tradicionalmente, o exame preferencial para o diagnóstico da DOAI é a arteriografia com injeção de contraste iodado (AC). Contudo, a AC apresenta sérias desvantagens como método diagnóstico: é invasiva, desconfortável, traz o risco de complicações graves e tem custo elevado. O presente trabalho faz uma revisão destes novos exames de imagem usados na avaliação da DOAI e sua aplicação na prática cirúrgica. Quatro exames de imagem alternativos que são utilizados para avaliação dos pacientes com suspeita de DOAI são apresentados: arteriografia com contraste (AC), ultra-sonografia Doppler (USD), angiografia por tomografia axial computadorizada (angio-TAC) e angiografia por ressonância magnética (angio-RM). Além disso, o autor faz uma análise destes métodos baseando-se em sua longa experiência em operar carótidas extracranianas sem arteriografia pré-operatória. Finalmente, conclui-se que o futuro do diagnóstico de pacientes com DOAI está nos exames minimamente invasivos. O papel da arteriografia tradicional com cateter deverá ficar restrito aos procedimentos de intervenção terapêutica.

5e2759bf0e8825445326b9f9 jvb Articles
Links & Downloads

J Vasc Bras

Share this page
Page Sections