Jornal Vascular Brasileiro
https://www.jvascbras.org/article/doi/10.1590/1677-5449.003015
Jornal Vascular Brasileiro
Original Article

Validação do questionário de qualidade de vida na úlcera venosa crônica em língua portuguesa (Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire – CCVUQ-Brasil)

Validation of the Portuguese language version of a chronic venous ulcer quality of life questionnaire (Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire – CCVUQ-Brazil)

Renata Cardoso Couto; Flávia de Jesus Leal; Guilherme Benjamin Brandão Pitta

Downloads: 0
Views: 56

Resumo

Resumo Contexto: Instrumentos de qualidade de vida vêm sendo usados nos últimos anos. Para a úlcera venosa, há um importante questionário específico, o Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire (CCVUQ), já traduzido para português em recente estudo, mas necessitando do teste de suas propriedades psicométricas e da consequente validação para ser utilizado no Brasil. Objetivos: Validar o questionário de qualidade de vida na úlcera venosa em língua portuguesa, o CCVUQ-Brasil. Métodos: A versão traduzida do questionário foi aplicada em 50 indivíduos. Sua consistência interna foi analisada, sendo posteriormente reaplicado (30 minutos e entre 7 e 15 dias após a primeira aplicação) para testar a reprodutibilidade. Os resultados foram comparados com o 36-Item Short Form Health Survey (SF-36) para testar a validade. Resultados: A versão em português é semântica e culturalmente semelhante à versão original em inglês, tendo consistência interna satisfatória, alta correlação na verificação da reprodutibilidade e validade de constructo significativa. Conclusões: O CCVUQ-Brasil encontra-se validado na língua portuguesa.

Palavras-chave

questionário, qualidade de vida, úlcera venosa

Abstract

Abstract Background: The use of quality of life instruments has become widespread over recent years. There is an important questionnaire specifically designed for patients with venous ulcers, the Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire (CCVUQ), which has already been translated into Portuguese as part of a recent study, but its psychometric properties still need to be tested to complete its validation for use in Brazil. Objectives: To validate the Portuguese version of a venous ulcer quality of life questionnaire, the CCVUQ-Brazil. Methods: The translated version of the questionnaire was administered to 50 individuals and its internal consistency was analyzed. It was re-administered (30 minutes and 7 to 15 days after the first administration) in order to test its reproducibility. Results were compared with results for the 36-Item Short Form Health Survey (SF-36) to test validity. Results: The Portuguese version is semantically and culturally similar to the original version in English. It has satisfactory internal consistency, it exhibited high correlations in tests of reproducibility and it has significant construct validity. Conclusions: The Portuguese version of the CCVUQ-Brazil has been validated for use.

Keywords

questionnaire, quality of life, venous ulcer

References

Maher CG, Latimer J, Costa LOP. The relevance of cross-cultural adaptation and clinimetrics for physical therapy instruments. Rev Bras Fisioter.. 2007;11(4):245-52.

Mengarda CV, Passos EP, Picon P, Costa AF, Picon PD. Validação de versão para o português de questionário sobre qualidade de vida para mulher com endometriose (Endometriosis Health Profile Questionnaire – EHP-30). Rev Bras Ginecol Obstet. 2008;30(8):384-92.

Silva TI, Marques CM, Alonso NB. Tradução e adaptação cultural do Quality of Life in Epilepsy (QOLIE-31). J Epilepsy Clin Neurophysiol.. 2006;12(2):107-10.

Moura RMF, Gonçalves GS, Navarro TP, Britto RR, Dias RC. Adaptação transcultural do questionário VEINES/QOL-SYM: avaliação da qualidade de vida e sintomas na doença venosa crônica. J Vasc Bras. 2011;10(1):17-23.

Soárez PC, Castelo A, Abrão P, Holmes WC, Ciconelli RM. Tradução e validação de um questionário de avaliação de qualidade de vida em AIDS no Brasil. Rev Panam Salud Publica. 2009;25(1):69-76.

Magalhães MO, Costa LOP, Ferreira ML, Machado LAC. Testes clinimétricos de dois instrumentos que mensuram atitudes e crenças de profissionais de saúde sobre a dor lombar crônica. Rev Bras Fisioter.. 2011;5(3):249-53.

Leal J, Mansilha A. Como avaliar o impacto da doença venosa crônica na qualidade de vida. Rev Angiol Cir Vasc.. 2010;6(4):173-87.

Smith JJ, Guest MG, Greenhalgh RM, Davies AH. Measuring the quality of life in patients with venous ulcers. J Vasc Surg. 2000;31(4):642-9.

Consuegra RVG, Verdú J. Proceso de adaptación al castellano del Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire (CCVUQ) para medir la calidad de vida relacionada con la salud en pacientes con úlceras venosas. Gerokomos.. 2010;21(2):80-7.

Couto RC, Leal FJ, Pitta GBB, Bezerra RCB, Segundo WSS, Porto TM. Tradução e adaptação cultural do Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire - Brasil. J Vasc Bras. 2012;11(2):102-6.

Ciconelli RM, Ferraz MB, Santos W, Meinão I, Quaresma MR. Tradução para a língua portuguesa e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida SF-36 (Brasil SF-36). Rev Bras Reumatol. 1999;39:143-50.

Soárez PC, Kowalski CCG, Ferraz MB, Ciconelli RM. Tradução para o português brasileiro e validação de um questionário de avaliação de produtividade. Rev Panam Salud Publica. 2007;22(1):21-8.

Fonseca ESM, Camargo ALM, Castro RA. Validação do questionário de qualidade de vida (King’s health Questionnaire) em mulheres brasileiras com incontinência urinária. Rev Bras Ginecol Obstet. 2005;27(5):235-42.

Sousa TC, Jardim JR, Jones P. Validação do Questionário do Hospital Saint George na Doença Respiratória (SGRQ) em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica no Brasil. J Pneumol.. 2000;26(3):119-28.

Camelier A, Rosa FW, Salmi C, Nascimento OA, Cardoso F, Jardim JR. Avaliação da qualidade de vida pelo Questionário do Hospital Saint George na Doença Respiratória em portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica: validação de uma nova versão para o Brasil. J Pneumol.. 2006;32(2):114-22.

Pitta GBB, Roque FP, Pitta MR. O sexteto mágico da pesquisa clínica. Rev Bras Cir Cardiovasc. 2009;24(2):113-5.

Wong KY, Lee DT, Thompson DR. Translation and validation of the Chinese version of the Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire. J Clin Nurs. 2006;15(3):356-7.

Van Korlaar I, Vossen C, Rosendaal F, Cameron L, Bovill E, Kaptein A. Quality of life in venous disease. Thromb Haemost. 2003;90(1):27-35.

Jull A, Parag V. Error in Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire (CXVUQ). J Vasc Surg. 2007;45(5):1092.

Terwee CB, Bot SDM, Boer MR. Quality criteria were proposed for measurement properties of health status questionnaires. J Clin Epidemiol. 2007;60(1):34-42.

Costa LM, Higino WJF, Leal FJ, Couto RC. Perfil clínico e sociodemográfico dos portadores de doença venosa crônica atendidos em centros de saúde de Maceió (AL). J Vasc Bras. 2012;11(2):108-13.

Afonso A, Barroso P, Marques G. Úlcera crónica do membro inferior: experiência com cinquenta doentes. Rev Angiol Cir Vasc.. 2013;9(4):148-53.

5de6c2650e8825ff31e3e9cf jvb Articles
Links & Downloads

J Vasc Bras

Share this page
Page Sections