Jornal Vascular Brasileiro
https://www.jvascbras.org/article/doi/10.1590/S1677-54492011000100003
Jornal Vascular Brasileiro
Original Article

A qualidade dos ensaios clínicos randomizados publicados no Jornal Vascular Brasileiro

Quality of randomized clinical trials published in the Jornal Vascular Brasileiro

João Gustavo Rocha Peixoto dos Santos; Fabiano Timbó Barbosa; Tamires Santos Fraga

Downloads: 0
Views: 301

Resumo

CONTEXTO: A qualidade dos ensaios clínicos randomizados (ECR) define-se como a probabilidade de um estudo planejado gerar resultados sem tendências e que se aproximem da realidade terapêutica. OBJETIVO: Determinar a qualidade dos artigos originais com ECR publicados no Jornal Vascular Brasileiro. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo descritivo transversal com base na busca eletrônica dos artigos originais publicados no Jornal Vascular Brasileiro, entre dezembro de 2004 e setembro de 2009, que tivessem características de ECR. Variável primária: qualidade dos ECR; variáveis secundárias: encaminhamento da pesquisa ao Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), utilização do termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE), descrição da fonte de fomento, cálculo do tamanho da amostra, teste estatístico utilizado, nível de significância adotado na pesquisa, utilização de estatística descritiva, descrição do intervalo de confiança (IC) e sigilo da alocação. Foram pesquisados dados complementares: número de autores, local de origem e tipo de estudo. Utilizou-se estatística descritiva, cálculo do tamanho da amostra e IC de 95%. RESULTADOS: Entre 114 artigos originais da amostra, 1 foi classificado como ECR, sendo de boa qualidade. Do total, 51 foram encaminhados ao CEP, 41 utilizaram TCLE, em 6 houve descrição do fomento e em 5 houve cálculo do tamanho da amostra. A amostra mostrou distribuição trimodal do número de autores por artigo (4, 5, 6), aparecendo em 20 artigos, cada um dos valores respectivos da moda. São Paulo contribuiu com 48 publicações. O teste do qui-quadrado foi o mais utilizado (38,7%). O nível de significância de 5% foi adotado em 54 artigos, em 90 utilizou-se estatística descritiva e em 18 descreveu-se uso do IC. CONCLUSÃO: Não foi possível determinar a qualidade dos ECR no Jornal Vascular Brasileiro, pois foi encontrado apenas um de boa qualidade

Palavras-chave

Ensaios clínicos controlados aleatórios como assunto, publicações, artigo de revista, medicina baseada em evidências, procedimentos cirúrgicos vasculares

Abstract

BACKGROUND: The quality of a randomized clinical trial (RCT) is defined as the likelihood of a planned study to generate unbiased results and approach the therapeutic reality. OBJECTIVE: To determine the quality of the RCT published as original articles in the Jornal Vascular Brasileiro. MATERIALS AND METHODS: A descriptive, cross-sectional study based on electronic search of original articles published in Jornal Vascular Brasileiro between December 2004 and September 2009, which had characteristics of RCT. Primary variable: Quality of RCT; secondary variables: submission to the Ethics in Research Committee (ERC), use of the informed consent form (IC), description of the research funding source, sample size calculation, statistical test, significance level in research, descriptive statistics, description of the confidence interval (CI) and allocation concealment. Additional data: number of authors, place and type of study. Descriptive statistics were used, as well as sample size calculation and the 95% CI. RESULTS: Out of the 114 original articles, 1 was classified as RCT and was considered as good quality. Out of the total number of articles, 51 were submitted to the ERC, IC was used in 41, there was description of the grant in 6, and the sample size was calculated in 5. The sample revealed trimodal distribution of the number of authors per article (4, 5, 6), appearing in 20 articles each of the respective values of mode. The state of São Paulo contributed to 48 publications. Chi-square test was the most frequently used statistical method (38.7%), the significance level of 5% was adopted in 54 articles, descriptive statistics were used in 90 and CI was reported in18 articles. CONCLUSION: It was not possible to determine the quality of RCT in the Jornal Vascular Brasileiro, because only one good quality trial was found

Keywords

Randomized controlled trials as topic, publications, journal article, evidence-based medicine, vascular surgical procedures

References

Coutinho ESF, Cunha GM. Conceitos básicos de epidemiologia e estatística para a leitura de ensaios clínicos controlados. Rev Bras Psiquiatr. 2005;27:146-51.

Jadad AR, Moore RA, Carroll D. Assessing the quality of reports of randomized clinical trials: is blinding necessary?. Control Clin Trials. 1996;17:1-12.

Moher D, Cook DJ, Jadad AR. Assessing the quality of reports of randomised trials: implications for the conduct of meta-analyses. Health Technol Aassess. 1999;3.

Schulz KF. Unbiased research and the human spirit: the challenges of randomized controlled trials. CMAJ. 1995;153:783-86.

Buehler AM, Cavalcanti AB, Suzumura EA, Carballo MT, Berwanger O. Como avaliar criticamente um ensaio clínico de alocação aleatória em terapia intensiva. Rev Bras Ter Intensiva. 2009;21:219-25.

Kurichi JE, Sonnad SS. Statistical methods in the surgical literature. J Am Coll Surg. 2006;202:476-84.

Higgins JPT, Green S. Cochrane Handbook for Systematic Reviews of Interventions: Version 4.2.5. May ;8a:215-229.

Soares KVS, Castro AA. Projeto de pesquisa para ensaios clínicos randomizados. Medicina baseada em evidências: fundamentos da pesquisa clínica. 1998:63-73.

Medeiros CAF. Comparação entre o laser endovenoso e a fleboextração total da veia safena interna: resultados em médio prazo. J Vasc Bras. 2006;5:277-87.

Campos CCC, Albuquerque PC, Braga IJS. Avaliação do volume de fluxo venoso da bomba sural por ultra-sonografia Doppler durante cinesioterapia ativa e passiva: um estudo piloto. J Vasc Bras. 2008;7:325-32.

Mandelli NCB, Nhuch C, Fontes PR. O uso da estreptoquinase no tratamento da oclusão arterial aguda pós-cateterização da artéria femoral em crianças com menos de 10 kg. J Vasc Bras. 2007;6:42-9.

Pinto DM, Dias Jr JO, Fonseca BLC, Moreialvar RD, Bez LG, Lopes CS. Experiência inicial com o uso de adesivo tissular contendo trombina para tratamento do pseudo-aneurisma femoral. J Vasc Bras. 2006;5:30-6.

Escosteguy CC. Tópicos metodológicos e estatísticos em ensaios clínicos controlados randomizados. Arq Bras Cardiol. 1999;72:139-43.

Goncalves GP, Barbosa FT, Barbosa LT, Duarte JL. Avaliação da qualidade dos ensaios clínicos aleatórios em terapia intensiva. Rev Bras Ter Intensiva. 2009;21:45-50.

Yusuf S, Collins R, Peto R. Why do we need some large, simple randomized trials?. Stat Med. 1984;3:409-22.

Houaiss A, Villar MS, Franco FM. Dicionário eletrônico Houaiss da língua portuguesa: [CD-ROM]. Versão 2.0a. 2001.

Schulz KF, Chalmers I, Altman DG. The landscape and lexicon of blinding in randomized trials. Ann Intern Med. 2002;136:254-59.

Schulz KF, Chalmers I, Hayes RJ, Altman DG. Empirical evidence of bias: Dimensions of methodological quality associated with estimates of treatment effects in controlled trials. JAMA. 1995;273:408-12.

Diretrizes e Normas Regulamentadoras de Pesquisa envolvendo seres humanos: Resolução 196. 1996.

Cavalcanti AB, Akamine N, Sousa JMA. Avaliação crítica da literatura. Condutas no paciente grave. 2006:2635-47.

Barbosa FT, Jucá MJ. Avaliação da qualidade dos ensaios clínicos aleatórios em anestesia publicados na Revista Brasileira de Anestesiologia no período de 2005 a 2008. Rev Bras Anestesiol. 2009;59:223-33.

Forti JK, Santos MERC, Silva JAP, Mariano RR, Gontijo R, Araújo Jr RM. Distribuição de angiologistas e cirurgiões vasculares na população brasileira: análise dos membros da SBACV - ano base 2004. J Vasc Bras. 2004;3:350-6.

Barbosa FT. ABC da Bioestatística. 2009:125-36.

Diehl CA, Souza MA, Domingos LEC. O uso da estatística descritiva na pesquisa em custos: análise do XIV Congresso Brasileiro de Custos. ConTexto. 2007;7:1-24.

Coutinho ESF, Huf G, Bloch KV. Ensaios clínicos pragmáticos: uma opção na construção de evidências em saúde. Cad Saúde Pública. 2003;19:1189-93.

Ruiz MA. Plataforma de registro de ensaios clínicos. Rev bras hematol hemoter. 2007;29:103-8.

Lins ES. Registro de ensaios clínicos: declaração do Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas. Rev Assoc Med Bras. 2004;50:352-53.

Verhagen AP, de Vet HC, de Bie RA. The Delphi list: a criteria list for quality assessment of randomized clinical trials for conducting systematic reviews developed by Delphi consensus. Clin Epidemiol. 1998;51:1235-41.

5ddfc3720e8825d8714ce1d5 jvb Articles
Links & Downloads

J Vasc Bras

Share this page
Page Sections